domingo, 17 de julho de 2011

Cartão - Mensagem

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Sempre ouvi dizer, que a única certeza da vida é a morte, a única certeza é de que um dia o manto obscuro da morte vem envolver o corpo e o retirar do convívio, pessoas que queremos bem. É uma coisa inevitável, porém nunca podemos saber a intensidade da dor da recente falta de quem partiu.

    É difícil suportar a ausência.

    Como diria Guimarães Rosa: “As pessoas boas não morrem, se encantam”.

    ResponderExcluir
  3. Ataíde,

    Num primeiro momento, depois dos caos que nos tira do prumo ficamos estarrecidos diante da nova realidade que nos é apresentada. É um misto de revolta, desespero e incredulidade. E a dor e o sofrimento parecem não ter fim. Mas de uma forma tão incrível essas dores nos são necessárias como degraus para o nosso crescimento a caminho da verdadeira sabedoria.

    Ouça Jesus Cristo e confie nele pois ele conhece a tua dor e te compreende. O seu filho que partiu tão prematuramente aos teus olhos não era objeto da carne, mas, sim uma pessoa, criada à imagem e semelhança de Deus e, por isso mesmo, possuidor de uma alma imortal, de uma vida que não morre. Deus, nosso Pai, sabe o que faz. Ele velará por você e não o deixará sozinho.

    Estou contigo na tua dor, Ataíde e jamais perca a confiança em Nosso Senhor!

    O meu abraço carinhoso a você e toda a sua família e desejo que a paz permaneça em vossos corações.

    Deus os abençoe!

    ResponderExcluir